Pão com mortadela


 Eliat – Israel, 19 de maio de 2011.

Completada a missão Wadi Rum, fiquei satisfeito com a Jordânia e cruzei a fronteira entrando em Israel, não tive problemas na imigração como muitos relatos que ouvi de viajantes que passaram 2-3 horas sendo interrogados para conseguir passar. Não sei se por ser brasileiro, por ter o passaporte cheio de outros vistos e carimbos, ou por sorte. Foi tranquilo, a única pergunta que me fizeram foi o que eu iria fazer em Israel, disse que era turismo e só...
Antes de cruzar a fronteira, passei umas horas em Aqaba, no extremo sul da Jordânia e que divide com Eliat as águas do pequeno golfo de Aqaba, uma extensão do Mar Vermelho. As mulheres na praia todas vestidas com aquelas enormes roupas e burca cobrindo a cabeça, já a sua vizinha Eliat, um balneário de luxo de Israel, a cena muda completamente. As mulheres de biquini, ou de shortinho e top, bem ocidentalizado.Lembrando que Israel, apesar de estar no Oriente Médio, não é um país árabe.
Praia em Aqaba, sul da Jordânia

Entrando em Israel

Calçadão em Eliat

Coral beach em Eliat - Israel

Coral beach em Eliat - Israel

Eliat

Passei os dois dias quase todos na praia, fazia uns 5 meses que eu não via o mar, estava sentindo falta.Apesar da água ser bem límpida e os peixes coloridos na praia nos fazerem sentir tomar banho num aquário, as praias em si não são tão bonitas.Me assustei com os preços aqui, o albergue mais barato que achei custa cinco vezes mais que na Jordânia, e a comida também um absurdo. Tipo o sanduíche mais simples na rua custa 8-9 reais, e na beira da praia chegam a 14-17 reais !! Impossível de comer, tive que ficar no pão com mortadela do mercadinho. Tem umas horas, quando viajamos em países caros que temos que esquecer um pouco a nutrição. Não estou dizendo em passar fome, mas comer coisas mais baratas e menos nutritivas. Não deve fazer tão mal, coloco alguma fruta no meio para compensar, e quando der me alimento bem, aí compensa. Não dá pra pagar 35-40 reais numa refeição nos restaurantes sofisticados daqui, não vi uma barraquinha de rua.
Durante uma mochilada ás vezes temos que abrir mão de algumas coisas, tipo uma boa noite de sono,o que não temos em alguns ônibus e quando os horários das viagens são de madrugada; de uma alimentação balanceada e nutritiva,... tem países caros que temos que compensar o gasto no hotel ou em alguma atividade, com uma comida barata só pra satisfazer a fome. Isso não é passar mal, é uma compensação que para nós mochileiros encaramos normalmente. O que interessa pra mim é conhecer lugares, pessoas e culturas. Se eu estou comendo só pão com mortadela, dormindo no chão(de aeroportos ou estações de trem), andando muito ou sei lá o quê, fico feliz do mesmo jeito e aproveito a viagem da mesma forma. Pois eu sei que é por uns dias e eu não vou virar mendigo ou ficar desnutrido, vou continuar vivendo numa boa, e ainda vou rir depois lembrando as histórias. Em Bora Bora na Polinésia Francesa por exemplo, o lugar mais caro que já viajei até agora, pagava 90 dólares de hotel, um absurdo, e pra compensar passei os três dias lá comendo arroz, salsicha e tomate pois cada refeição custava 20-30 dólares. Mas pergunta se eu passei mal...estava num paraíso, na praia mais linda que já vi na vida, foi até divertido preparar minha comida na cozinha do hotel que ficava quase dentro da areia. Ah! E ainda comi com farinha !!! que sobrou um pouco da que eu levei para dar para o chileno provar, o que me hospedou na Ilha de Páscoa. Aquela história: eu prefiro comer salsicha na Polinésia Francesa do que uma boa e nutritiva comida dentro de casa... dormir no chão em Hong Kong do que numa cama king size em casa assistindo Faustão. O que vocês acham? É questão de escolha.
O verdadeiro espírito mochileiro é isso, abrir mão de certas coisas, mantendo o bom humor e achando isso o máximo por saber que é em prol da viagem. O que pode acontecer é acordar com uma dorzinha nas costas ou no pescoço, sentir um pouco mais de cansaço, salivar ao ver uma bela macarronada na mesa ao lado...Mas cá pra nós, conhecer o mundo vale mais que tudo isso !!!

  

2 comentários:

orkutdalili2009 disse...

Leio, esse texto é a tua cara mesmo...mas me deu uma vontade de te mandar uma comidinha gostoooosa...rs
Fica com Deus!!! Saudade!!! Te amo!!!
"Lhanne"

Anônimo disse...

é isso aí! espírito mochileiro!!!!