Último stop na Oceania

Sydney - Austrália, 13 de Setembro de 2010.


Meu último país na Oceania, cheguei aqui sem saber pra onde ir, pois não tinha planejado, peguei um guia e um mapa,  que é de graça no aeroporto, estudei um pouco e saí pra explorar a cidade. Eu tava desesperado de pressa pois eu iria ficar aqui só um dia.
Fui direto para o centro, o local mais turístico, conhecido no mundo todo: a Opera House, o principal ponto turístico, junto com a Sydney Harbour Bridge, a ponte que fica ao lado.
Fiquei cantando aquela musica do Renato Russo...meu Deus mas que cidade linda....Sydney  é linda !!  
 Opera House

Sydney Harbour Bridge
Perto da Opera House tem uns bares e restaurantes onde junta muita gente bonita...e eu perambulando com 2 mochilas...pois não teve outro jeito, que o guarda-volome do aeroporto  abria às 5h, e meu voo era às 6h, fiquei com medo de não dar tempo, até porque o meu voo era de outro aeroporto, para voos domésticos,...tive que andar carregando peso, mas estou acostumando.
Conheci a região do principal porto, onde é o centro de tudo...todos os barcos saem de lá (são 6 portos em um só local na verdade) para vários outros locais na cidade e para os passeios. É também onde passam os trens e ônibus para toda parte. Principalmente depois de sediar a olimpíada de 2000, o sistema de transporte público é muito eficiente, são 10 linhas de trem interligadas, outras várias de ônibus com estações de conexão que facilitam bastante para o turista.
Continuei andando maravilhado com a cidade até o Darling Harbour, um outro porto rodeado de bares, restaurantes, galerias, museus, centro de convenções, aquário, shopping centers...
Aí um cara de um restaurante turco vendo a bandeira do Brasil que tenho na minha mochila falou comigo, era um brasileiro que mora aqui há 2 anos, aliás tem muitos brasileiros aqui. Aí comi um kebab (comida turca) por lá, antes de pegar o último trem para o aeroporto.
Darling Harbour...passei muito tempo nessa área
Aborígene australiano arrumando um trocado
 na região do porto próximo à Opera House


Como tinha que estar lá 5h da manhã para o próximo voo, a programação era dormir no aeroporto mesmo.Cheguei lá umas 23h , e quando eu tava procurando um canto pra me encostar, veio a seguranca do aeroporto dizendo que não podia ficar ninguém lá, pois eles fecham o aeroporto e só reabrem às 4 h. Legal, fiquei do lado de fora sentado num banco junto com um alemão que tava na mesma situação que eu. Não vou entrar em detalhes mas foi uma noite de cão, pois fez muito frio de madrugada.
Pois bem, cheguei no check-in e deu um problema no meu ticket, o cara inventou uma  taxa pra eu pagar. Conclusão, resolvi não ir mais pra Melbourne(outra cidade da Austrália), ficar mais dois dias aqui em Sydney e ir direto para Hong Kong. Oba ! Ganhei mais 2 dias em Sydney !!!!
Deixei as tralhas num albergue e fui fazer um passeio pelo centro com um guia grátis, tem coisa melhor? Foi muito legal, o cara explicando tudo, de forma bem realista. Passamos por vários prédios antigos, parques, monumentos, feiras...  Era domingo, cheio de gente nas ruas, foi muito bacana. Aí fui pra praia de Bondi beach, onde também tava cheio de gente apesar do frio. A praia é bonita, tava rolando o "festival dos ventos" , o pessoal empinando aquelas pipas grandes coloridas.
Bondi beach
A catedral em  uns dos parques da cidade


À noite fui conhecer a Chinatown, um bairro chinês...para ir entrando no clima da China, pois amanhã vou pra lá !!! Estou muito ansioso pra ir pra Ásia.
Hoje vim de novo no Darling Harbour, gostei daqui, dei um giro no Monorail, que é um trem pequeno que circula só pelo centro da cidade, num trilho uns 15 metros de altura da rua, passando por dentro dos prédios e galerias..legal. E pra descansar, de tarde fui pegar um cineminha, quer dizer um cinemão !!!  fui no IMAX,  o cinema com a maior tela do mundo !!!! Assisti Hubble-3D, um filme/documentário da Nasa sobre a missão do telelescópio Hubble, muito doido os astronautas e as imagens do telescópio em 3D na nossa cara...numa tela imensa!
Foi basicamente isso...adorei Sydney, 3 dias rodando por aqui fiquei satisfeito...daqui a pouco embarco para Hong Kong. 

3 comentários:

jane disse...

Meu, porque voce não faz filmagem tipo documentários, e quando chegar aqui no Brasil, vc pode vender pra Globo ou Record, e ganhar um extra. Ontem tava vendo um filme "Bridted Jones - no Limite da Razão", é um filme bobo, mas o eu quero que vc veja, é o tipo de reportagem que o ator tava fazendo, então idéia, aproveita que ta por ai, e faz tbm, quem sabe assim, vc pode até recuperar os gastos.

Anônimo disse...

só uma correção: o "artista de rua" é na verdade um aborígene (indigena australiano)

Rogério Oliveira disse...

Obrigado querido anônimo. Equívoco corrigido.